Descubra 11 tipos de artes e como elas podem influenciar a sua vida


“Arte é a expressão dos mais profundos pensamentos, da maneira mais simples” - Albert Einstein

A vida imita a arte ou será que a arte é que imita a vida? Segundo o site Brasil Escola: "As artes são expressões da capacidade humana de imitar a natureza e de atribuir sentido à sua existência".

Um sentido profundo, mas bastante perdido em nossa sociedade. Apesar de muitas escolas ainda incluirem na programação a disciplina de Educação Artística, grande parte da população segue sem acesso a este conhecimento tão enriquecedor e poderoso.

Promover o estudo das artes e incentivar nossas crianças a experimentar e saber mais sobre diferentes tipos de artes é essencial para criar uma geração mais independente, equilibrada e com capacidade de pensar por conta própria.

Mas não apenas crianças, para os adultos as artes também oferecem um campo vasto na busca de novas atividades de lazer e maneiras saudáveis de expressar sentimentos.

Mas por que arte é tão importante?

As artes estão intimamente ligadas à história da humanidade e seu estudo permite compreender melhor a situação de mundo que vivemos. Mas os benefícios vão muito além do conhecimento e cultura...

O contato com diferentes artes é essencial no desenvolvimento socioemocional das crianças, promovendo melhora no aprendizado, desenvolvendo autoconfiança e estabelecendo relacionamentos interpessoais mais saudáveis.

Além disso, a expressão artística é uma forte ferramenta para extravasar as próprias emoções, ajudando a libertar o inconsciente e promover o autoconhecimento.

O povo brasileiro é extremamente criativo e com potencial incrível para as artes. Com ajuda das redes sociais é possível expandir horizontes e ganhar voz divulgando suas ideias e pensamentos através de ilustrações, quadrinhos, vídeos, livros e muito mais.

Jeitinho brasileiro

11 Tipos de artes e suas influências

Até o final do século XIX o mundo conhecia apenas 7 grandes artes. Mas com o surgimento de novas tecnologias, novas expressões artísticas surgiram e ganharam espaço ao redor do mundo.

Confira a lista completa e descubra como as artes influenciam a sua vida:

01. Música

Música é uma arte tão poderosa que passou a ser usada no início dos anos 40 como tratamento alternativo. Assim, a Musicoterapia tem auxiliado milhares de pessoas ao redor do mundo na cura e prevenção de doenças como depressão, câncer e mal de Parkinson.

Pesquisas científicas demonstram que as frequências sonoras podem afetar diretamente no estado de humor e sistema nervoso.

Este assunto é tão sério que durante a Propaganda Nazista o padrão alemão foi ajustado para 440 Hz e se tornou padrão mundial em 1953. Esta frequência gera caos social, desarmonia e vulnerabilidade psíquica nas pessoas, sendo extremamente nociva para a saúde.

Ao contrário disso, a frequência de 432 Hz é parecida com a do universo, sendo considerada harmônica e perfeita. Essa vibração está em sintonia com as batidas do nosso coração e estimula o cérebro na produção de serotonina, ajudando a regular humor, sono, apetite e na cura da enxaqueca.

Saiba mais sobre frequências sonoras neste link.

02. Dança

Considerada uma das três principais artes cênicas da antiguidade, a dança é a expressão através do corpo. É considerada a mais completa das artes, pois envolve música, teatro, pintura e escultura.

Muito além da expressão artística, a dança é uma grande fonte de prazer e opção de lazer, desenvolvendo a criatividade e comunicação.

Estudos indicam que dançar tem o poder de alterar o estado psicológico e emocional através da produção de endorfinas. Além de promover autoconfiança, melhorar a concentração e habilidades cognitivas.

Tudo isso sem contar nos benefícios físicos, pois melhora a postura, circulação sanguínea e resistência cardiovascular.

03. Pintura

Sendo uma das expressões artística mais antigas da humanidade, pintura é uma arte de representação gráfica que envolve desenho, cores e texturas. Na pré-história a arte rupestre deixou seu legado com desenhos em paredes, rochedos e estalactites de cavernas.

Muitos psicoterapeutas incentivam a pintura e demais artes como terapia, pois toda expressão artística tem o poder de libertar a subjetividade em cada um, ajudando a resolver conflitos, problemas de comunicação e dificuldades de expressão.

Através da pintura é possível manifestar sentimentos e pensamentos. É uma terapia alternativa e natural que tem o poder de melhorar a comunicação, aumentar a autoestima, motricidade (ao aprender a controlar os movimentos das mãos), estimular o cérebro, melhorar a concentração e promover inteligência emocional.

04. Escultura

Também uma das primeiras manifestações artísticas da humanidade, a escultura representa formas espaciais em terceira dimensão. Resumindo a grosso modo, é a transformação da matéria bruta (pedra, argila, papel, etc.) em peças com significado.

Os benefícios da expressão artística através da escultura são muito similares aos da pintura. A escolha de uma outra depende apenas da sua afinidade e gosto pessoal com cada uma.

A escultura engloba diferentes técnicas com efeito relaxante e terapêutico, auxiliando no controle do estresse, estimulando a criatividade e promovendo autoconhecimento.

05. Teatro

Ninguém sabe ao certo como e quando surgiu o teatro, mas acredita-se que sempre esteve presente na história da humanidade. Na antiguidade a representação dramática já era utilizada para expressar sentimentos, contar histórias e louvar deuses.

O teatro é uma atividade que envolve todos os sentidos, pois trabalha a postura corporal, respiração, fala e leitura. É um grande aliado no desenvolvimento de processos mentais como concentração, memória e imaginação.

Além disso, desenvolve habilidades sociais como empatia, tolerância e trabalho em equipe, sendo uma experiência incrível para seu lado profissional, em qualquer área de atuação.

Os exercícios de improvisação das aulas de teatro também potencializam a criatividade e espontaneidade, trabalham a respiração, resistência e coordenação motora, influenciando diretamente na sua autoestima.

06. Literatura

Literatura é a arte da palavra e manifestação artística através de textos e técnicas narrativas. Segundo o grande mestre e poeta Fernando Pessoa, "A literatura existe porque a vida não basta".

Dessa forma a literatura, seja através da leitura ou escrita, representa um momento de fuga para abstrair e suavizar a dureza do dia a dia. Através da leitura é possível ver o mundo pelos olhos de outras pessoas e viajar para mundos distantes.

O hábito da leitura traz uma série de benefícios, aumentando o vocabulário, melhorando a escrita e capacidade de argumentação, além de manter você informado.

Não apenas na leitura, mas também através da escrita é possível desenvolver as mesmas habilidades. Escrever aprimora a capacidade de comunicação, promovendo crescimento profissional.

07. Cinema

Até o início do século XVIII, a pintura e escultura eram as únicas formas de registrar uma paisagem ou pessoa. Neste período surgiram os primeiro experimentos com gravação de imagens e filmes fotográficos, até chegarmos a 1895, quando os irmãos Lumière criaram o cinematógrafo (uma câmera de filmar e projetar imagens em movimento).

No começo não existiam cores e nem som. Ao longo do tempo as técnicas de cinema foram aperfeiçoadas e novas tecnologias proporcionaram grandes produções, com os efeitos incríveis que experimentamos nos dias de hoje.

Uma das maiores vantagens do cinema é ter um baixo nível de dispersão. Ou seja, tem o poder de manter o foco e interesse do espectador. Por isso é um grande aliado na educação.

Vamos combinar que todo mundo adora assistir um bom filme ou seriado, não é mesmo? Além de ser uma das maiores atividades de lazer do mundo atual, também proporciona cultura, conhecimento e criatividade.

O surgimento do Youtube e câmeras digitais também facilitaram a vida de quem deseja se tornar um produtor e expressar as próprias ideias através de vídeos e filmes. É interessante observar como as novas gerações têm facilidade em explorar estes recursos.

08. Fotografia

A primeira fotografia reconhecida foi feita em 1826, pelo francês Joseph Nicéphore Niépce. Apesar disso, o desenvolvimento da fotografia foi bastante lento e aconteceu através de diversas descobertas ao longo do tempo, que foram somadas até chegarmos a fotografia como é conhecida hoje.

A fotografia é considerada o meio perfeito para gravar e reproduzir manifestações culturais, tendo grande importância social. Através dessa arte é possível eternizar momentos e registrar importantes fatos históricos.

Estudar fotografia e explorar seu universo artístico, além de ser uma ótima atividade de lazer, também estimula a sensibilidade e capacidade de observação. É a oportunidade perfeita para conhecer pessoas e "quebrar o gelo", abrindo leque para variados assuntos.

Observar o ambiente em busca da fotografia perfeita também exercita atenção, concentração e expande os conhecimentos. Dizem que um bom fotógrafo aprende diversas coisas como saber a trajetória do sol ao longo do dia e suas nuances de cores e distinguir diferentes espécies de animais e plantas.

09. Histórias em Quadrinhos (HQs)

Quadrinhos é a arte de narrar histórias através de sequências de imagens e textos. A primeira história em quadrinhos foi criada pelo artista americano Richard Outcault, em 1895 e fez tanto sucesso que rapidamente se espalhou ao redor do mundo.

No Brasil, a primeira revista de história em quadrinhos foi o Tico-tico (1905) e conquistou grandes fãs como Carlos Drummond de Andrade e Rui Barbosa. Lembro que minha avó tinha uma coleção dessas revistinhas e foram os primeiros HQs que conheci.

As histórias em quadrinhos são uma excelente forma de introduzir as crianças no universo da leitura, pois além de divertidas, proporcionam muitos benefícios em seu desenvolvimento cognitivo.

Capaz de cativar crianças e adultos, os quadrinhos estimulam a imaginação, promovem troca nas relações interpessoais, ampliam o vocabulário, melhoram a ortografia e são um excelente passatempo.

10. Jogos Multimídia

Apesar do excesso de video games gerar muita discussão, existe uma série de jogos que são utilizados em hospitais no tratamento de doenças como depressão, problemas de visão, diabetes, recuperação de acidentes e reabilitação de dependentes químicos.

Alguns jogos como xadrez, damas e dominós já eram praticados por povos antigos há milhares de anos. Além dos jogos de tabuleiro, também podemos citar os games eletrônicos e jogos esportivos.

Enquanto jogos de baralho e xadrez ajudam idosos a estimularem o cérebro, os videogames também podem trazer diversos benefícios como raciocínio lógico, tolerância a frustrações, convívio familiar e social, coordenação motora, atenção e até mesmo atividade física (em caso de consoles como o Nintendo Wii, por exemplo).

11. Arte Digital

As artes digitais englobam diversas técnicas de computação gráfica, sendo a mais recente de todas as artes. Foi a partir da revolução tecnológica e surgimento dos primeiros computadores que artistas de vanguarda enxergaram nos meios digitais um novo espaço de experimentação.

Dentre os tipos de arte digital podemos ressaltar o desenho vetorial, pixel art (amplamente usada em videogames antigos como Atari), ilustrações, animação digital e modelagem 3D.

Essas atividades não servem apenas para formação profissional, mas também podem servir como hobbie, estimulando a criatividade e raciocínio lógico.



Comentários