Dicas para mudar de vida e ter um ano realmente novo


Todo final de ano costuma ser a mesma coisa: uma lista enorme de novos propósitos. mas então o ano vira e acabamos deixando tudo pra depois, afinal mudar é tão difícil, não é verdade?

Este sentimento é muito natural, pois costumamos ser muito apegados às nossas proprias convicções. Sair da zona de conforto pode ser muito doloroso, principalmente quando precisamos encarar que somos muito mais preguiçosos do que gostamos de assumir para os outros.

Mas nada está perdido! Confira algumas dicas para encarar as mudanças de braços abertos em 2019:

Conviva com a ideia de mudar

Já ouviu o ditado: "tudo aquilo que você resiste, persiste"? Normalmente nós queremos mudar, mas não queremos abrir mão de tudo aquilo que nos atrasa. É aquele velho desejo de emagrecer, mas sem abrir mão dos hábitos que nos fizeram engordar. Por isso o primeiro passo é se acostumar com a ideia.

Simples assim, não é preciso tomar uma atitude nesse primeiro momento. Amadureça a ideia na sua cabeça, acostume-se com o pensamento de ser diferente, estude sobre o assunto e procure mentalizar todas as mudanças que deseja ver em si mesmo. Com o tempo você verá que aquela resistência antiga vai perdendo a força e surge um anseio natural para dar o próximo passo.

Fale menos e ouça mais

Na vida ninguém é melhor ou pior do que ninguém, para alguns assuntos podemos ser professores versados, mas para outros tantos somos aprendizes analfabetos. Quantas confusões e desentendimentos acontecem ao nosso redor, pelo simples fato das pessoas estarem mais preocupadas em ter razão do que em ouvir o que os outros tem a dizer? 

Saber ouvir não é concordar, tampouco ficar em cima do muro. Ouvir os outros é apenas isso: uma demonstração de respeito e humildade. É enviar um sinal para o universo, afirmando que você está aberto a receber coisas novas. Atreva-se a ficar em silencio e descubra o poder transformador que surgirá diante de si.

Planeje o que vai mudar

Estava conversando com um personal trainer e uma das coisas que ele chamou atenção é que a maioria das pessoas não muda os próprios hábitos por falta de planejamento. No caso, falávamos sobre emagrecimento, mas vejam que isso vale para qualquer tipo de mudança.

Digamos que você deseje parar de fumar. Como fará isso sem entender o que precisa mudar na sua vida para fazer essa transição? Será que ajudaria substituir por alguma atividade física? Ou quem sabe, investir em um tratamento?

Planejar é mais fácil do que parece, pode começar apenas listando todos os hábitos e atitudes que você precisa tomar para chegar onde deseja e ir ajustando aos poucos, inserindo novos detalhes até montar um plano mais completo. Essa atitude também faz com que você conviva mais com a ideia, promovendo motivação.

Seja realista na escolha da meta

Aqui se refere a não querer dar um passo maior que as próprias pernas. Se você deseja praticar exercícios, mas não tem folego pra caminhar até a esquina, não pense que correrá uma maratona nos próximos meses.

Em muitos casos, o melhor método é segmentar uma grande meta em micro metas, que podem até dar uma sensação de "não estou fazendo quase nada", mas aliviam o peso e a sensação de que falta muito para chegar ao objetivo final.

Por exemplo, se você deseja emagrecer, pode listar tudo que precisa fazer pra chegar lá: cortar doces, refrigerantes, frituras, comer mais vegetais, etc... Se cada passo desses for uma pequena meta, o sucesso será sentido na conquista de cada etapa. Sabe o que acontece com a motivação? Decola!

Invista no seu autoconhecimento

Quando a gente não sabe nada sobre si mesmo, mudar parece uma tarefa quase impossível. Procure saber mais quem você é de verdade, observe seu próprio comportamento e anote tudo que considerar importante. 

Investir em treinamentos, terapias, meditações e livros de autoajuda, promove a lucidez, auxiliando muito nesse processo. Não se iluda com velhos preconceitos de que tudo isso é coisa de gente louca. Louco mesmo é viver reclamando de tudo, sem ter noção de si e vivendo como vítima das circunstâncias. Você é responsável por si mesmo, ajude-se!

Desenvolva a Resiliencia

Resiliencia é a capacidade de administrar as adversidades da vida e superar obstáculos. Não é sobre o quanto você bate, mas sim o quanto é capaz de apanhar sem reclamar, erguendo a cabeça no dia seguinte, aprendendo com os proprios erros, perdoando e seguindo em frente.

É compreender o eterno ciclo da vida, com a certeza de que algumas vezes seremos vitoriosos, mas que o fracasso também faz parte. É saber que erros não invalidam quem você é, apenas ensinam sobre quem você pode ser. É oferecer um sorriso, mesmo que por dentro estejamos desmoronando, apenas por compreendermos que um sorriso abre mais portas do que lágrimas e desistir não é uma alternativa.

Que em 2019 a gente possa transcender tudo aquilo que nos atrasa, abrindo o coração para um novo amanhã.

Curtiu as dicas? Inscreva-se no blog e receba as atualizações por e-mail!

Comentários