Dicas úteis para não desperdiçar comida e aproveitar melhor os alimentos


Na sua casa tem muito desperdício de comida? E você sabia que além de estar jogando dinheiro fora, o impacto mundial é devastador?

Nesse artigo você vai entender melhor o assunto, saber o que está acontecendo pelo mundo e descobrir dicas valiosas que tenho adotado para combater o desperdício em casa, aliviando tanto a consciência quanto o orçamento do mês.

Quanta comida é desperdiçada no mundo?

Segundo a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura). estima-se que cerca de um terço dos alimentos produzidos em todo o mundo não é consumido pela população.

Isso equivale a cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos que não são aproveitados, o equivalente a US$ 1 trilhão. Você leu certo: um trilhão de dólares jogados fora no desperdício de comida.

Esses dados ficam mais dramáticos quando lembramos que existem 870 milhões de pessoas passando fome ao redor do mundo.

O assunto é tão sério que países e organizações estão se mobilizando junto a marcas para definir medidas de combate ao desperdício de alimentos.

Vocês já repararam como os programas de gastronomia estão mais engajados nessa causa? Tudo faz parte desse debate mundial por maior responsabilidade social e econômica no setor.

Como ocorre o desperdício de alimentos?

De acordo com os estudos, 54% do desperdício de alimentos no mundo acontece na fase inicial da produção (pós colheita e armazenagem). Já os outros 46% ocorrem nas etapas de processamento, distribuição e consumo.

A cadeia de produção e distribuição de alimentos utiliza água, terra, adubos, minerais, pesticidas, energia elétrica e combustíveis fósseis.

Ou seja, tudo que vai para o lixo também desperdiça esses recursos, causando ainda mais impactos ambientais na atmosfera e biodiversidade.

Como fazer para diminuir o desperdício?

Quando saí da casa dos pais e fui morar sozinha desperdiçava muita comida por não saber como dimensionar as quantidades e compras da casa.

Aos pouquinhos fui me adaptanto e sigo engajada na missão de esvaziar os armários e aproveitar melhor o que tem em casa. Descobri dicas muito úteis que vou compartilhar com vocês:

Tem no Armário » Você que faz estoque de comida, tem o hábito de analisar o que tem na despensa? Fazer um inventário, listando os produtos que tem no armário é o primeiro passo para reorganizar a alimentação e diminuir o desperdício.

Importante cuidar prazos de validade e deixar visível tudo que estiver com o prazo mais próximo de vencer. Produtos mais novos podem ficar mais pro fundo do armário (e tente não esquecer deles).

Em casas com muitas pessoas o ideal é fazer esse controle uma vez por mês, assim nada fica perdido e esquecido.

Estoque de Comida » Avalie com sinceridade se é preciso guardar tanta comida em casa, pois muitas vezes são alimentos que acabam esquecidos no fundo do armário ou estragando na geladeira.

Sei que aproveitar certas promoções ajudam muito a economizar no orçamento, mas é importante ser realista em relação ao que de fato é consumido. Se acabar no lixo a promoção só terá ajudado a loja que vendeu...

Escolher o Cardápio » Aqui em casa comecei a organizar o cardápio da semana a partir do que já tenho na geladeira e no armário, limitando a comprar apenas os complementos da receita.

Para terem ideia, já consegui passar 10 dias sem fazer supermercado, apenas aproveitando o que tinha em casa e iria para o lixo logo, caso não fossem utilizados.

Reserve uma horinha para planejar o cardápio com base no que já tem estocado, garanto que não vai se arrepender.

Comprar o Essencial » Esvaziar a geladeira e os armários, consumindo apenas o essencial e fazendo compras para o dia ou semana, além do grande benefício para a saúde, também reduz muito o desperdício.

Quando se estoca comida, muitas vezes, você começa a dar uma série de desculpas para não fazer o que já tem na geladeira. Seja por não ter vontade de comer ou preguiça de cozinhar.

Por outro lado é bem mais fácil decidir o cardápio para comer hoje e nos próximos dias. Além de garantir que os alimentos estarão novos e fresquinhos.

Reduzir as Quantidades » O que adianta fazer uma receita para 10 pessoas, se apenas duas vão comer? Controlar as quantidades é outro fator chave para reduzir o desperdício.

Certas receitas não são uma boa opção para casas com poucas pessoas. Busque alternativas mais simples, opções que rendam menos, ou compre uma porção pronta.

Dividir com os Amigos » Esse truque eu uso quando quero fazer uma receita grande que não pode ser adaptada. Dê uma porção de presente pra sogra, vizinho, amigos... Além de ser uma demonstração de carinho, se você não vai aproveitar, a melhor solução é dividir com outras pessoas.

Reaproveitar as Sobras » Confessa você come todo "sorobô", ou comida velha acaba indo fora? Buscar receitas alternativas feitas com sobras de comida é uma forma eficiente de reaproveitar os alimentos e ter comida fresquinha na mesa.

Atenção às Ciladas » É muito fácil cair em ciladas do tipo: Vou começar uma dieta e por isso encher os armários de produtos "low"... Daí a dieta não dura nem uma semana e você acaba com o armário cheio de coisas que vão acabar você sabe onde.

Não seria melhor começar com menos e evoluir gradativamente? Antes de comprar várias coisas estranhas, comece pelas que já conhece. Aos poucos, conforme você avançar no projeto, daí sim vai testando outras novidades.

O mesmo vale para os produtos da moda e amplamente divulgados na mídia. Pra que comprar 2kg de Goji Berries sem nem saber o gosto que tem? Vê o tamanho da cilada?

Prazos de Validade » Estar atento ao prazo de validade é essencial para evitar o desperdício de comida e preservar a saúde. Muita atenção às ofertas anunciadas no supermercado, pois muitas vezes são produtos perto de vencer.

Dicas para aproveitar melhor os alimentos

Salsa e Cebolinha » Deixe na geladeira com os talos mergulhados num copo com água. Isso ajuda a conservar o tempero verde por quase uma semana. Foi a solução que encontrei para conseguir usar salsa e cebolinha até o final.

Talos » Talos de couve, beterraba, brócolis e salsa podem ser adicionados a refogados, feijão, sopas e até mesmo em bolinhos, omeletes, farofas e saladas.

Pão Congelado » Eu não gostava de congelar pão até descobrir esses truques. O primeiro passo é embalar bem o pão (para não pegar umidade no congelador). Para aquecer, embrulhe o pão congelado numa folha de papel manteiga e leve ao forno por 10 minutos. Fica bem fresquinho!

Bolinhos » Aproveitar restos de geladeira pode render bolinhos deliciosos e que você pode fazer aproveitando todo tipo de sobra: arroz, feijão, presunto, queijo, batata, aipim...

Frios » Sobras de presunto, queijo e outros frios podem virar um delicioso arroz de forno, macarrão, omelete ou salpicão.

Saladas » Aproveite as sobras de legumes e verduras para fazer um saladão bem colorido e refrescante.

Com essas dicas eu estou conseguindo reduzir o desperdício de comida a zero e mantendo uma alimentação muito mais saudável e equilibrada.

E você, tem alguma dica para aproveitar melhor os alimentos? Comente e compartilhe conosco!

Comentários